Esmaltando #12 – Latika + Modern Arts

Oi, povo!

 

Esmaltando de hoje traz uma combinação que eu amo: roxo + película fofa!

Tirada com Lumia Selfie

A combinação da vez fica por conta do esmalte Latika e da película da Modern Arts.

Tirada com Lumia Selfie

Esse esmalte veio na caixinha de janeiro da EsmalteriaClub. É o Myrtille, da Latika. Ele é roxo com um fundo levemente rosado.

Além de ser roxo – minha cor favorita! – ele é 3 free, o que quer dizer que ele não possui tolueno, formol e dibutilftalato, mais conhecido como DBP. A ausência desses componentes faz com que o risco de alergia ao esmalte seja quase nulo.

Tirada com Lumia Selfie

Como filha única usei essa película da Modern Arts que veio na caixinha de dezembro da EsmalteriaClub. Ela é branca com fundo transparente. Então dá para usar sobre qualquer cor de esmalte. E o mais legal é que quando aplicada, ela parece carimbo e não película! *-*

Resultado:

Tirada com Lumia Selfie

 

Gente, me perdoem se as fotos ou a esmaltação não estão muito boas. Por conta do calor infernal que estava fazendo, eu dormia praticamente nada há 05 dias. Então eu estava vivendo, literalmente, só por Deus! Mas ainda bem que refrescou e consegui dormir um pouco. Pouco, mas bem dormido! 😀

Mesmo assim, com calor e fotos não tão bem tiradas, eu amei a combinação! ❤

 

Gostaram?

 

Beijinhos! 😉

Anúncios

Na Caixinha do Correio – EsmalteriaClub Janeiro

Oi, amores!

 

Esta semana recebi a caixinha de janeiro da EsmalteriaClub.

O tema deste mês foi Wanderlust.

wanderlust

“A caixinha temática de Janeiro da EsmalteriaClub é um tanto quanto diferente, seu nome e inspiração é denominado: Wanderlust.
Mas afinal o que significa essa palavra?
Wanderlust é uma expressão derivada do alemão que em tradução literal é o desejo de viajar, se aventurar e explorar o mundo.
É um termo que descreve um forte desejo de caminhar, de ir a qualquer lugar, em uma caminhada que possa levar ao desconhecido, a algo novo, de viajar.
E esse é o desejo da EsmalteriaClub para esse ano que se inicia: que as pessoas tenham vontade de buscar o novo, de caminhar atrás dos seus objetivos e que esse espirito livre invada os próximos 365 dias e traga somente coisas boas!
E aí já sabe para onde vai? Que tal começar listando todos os seus desejos, por mais loucos e “impossíveis” que sejam! Comece a dar ouvidos para os seus sonhos e torne-os reais em 2015!
Acorde com vontade de fazer diferente e sinta-se linda! Veja as cores invadirem a sua vida e deixarem tudo mais gostoso, mais divertido. Permita-se!”

 

Agora vejam as lindezas que vieram esse mês:

10941137_589955634482477_6471074567596868505_n

A caixinha chegou super rápido. Foi postada no dia 20/01 e dia 21/01 já estava aqui! Alegria sem fim quando o carteiro chegou.

Vamos aos detalhes dela? E lembrando que vai ter Na Ponta do Lápis depois! 😉

janeiro

  1. Forever Pink, da YNC by Camila Coelho – rosa aberto, bem intenso – R$9,90
  2. Metalizado Azul Divino, da Up Colors – o nome diz tudo: azul metalizado – R$3,90
  3. Myrtille, 3 free da Latika – roxo com fundo levemente rosado – R$12,90
  4. Coraggio, da Vicci – marom com shimmer dourado – R$9,45
  5. Lenços Umedecidos Refrescantes, da Ricca – R$9,80 (R$4,90 cada)

 

Na Ponta do Lápis

O valor total dos esmaltes (contando com os lencinhos) é R$45,95.  A assinatura da EsmalteriaClub é quase R$45,00 (R$34,90 + frete para a minha residência).

Porém, mais uma vez, aqui na cidade não encontro os esmaltes Vicci e Up Colors, muito menos o 3 free da Latika. Teria que comprar pela internet e sairia mais caro por conta do frete.

Então ficamos com EsmalteriaClub: 02, Comprar por aí: 00.

Não vou me cansar de dizer que vale muito mais a pena assinar os esmaltes do que comprá-los soltos. Desde que comecei a assinar a EsmalteriaClub nunca mais comprei esmaltes. E fico extremamente satisfeita com as maravilhas que me mandam todo mês! ❤

Não perca tempo e assine também clicando aqui.

 

Já estreei minha caixinha e no próximo post mostro como ficou minhas unhas!

 

Beijinhos! 😉

Resenhando #5 – Minha Vida Cor-de-Rosa #sqn

Oi, amores!

 

Resenhando de hoje é super bacana!

Ganhei o e-book Minha Vida Cor-de-Rosa, #sqn em um sorteio na Fanpage da Rocco Jovens Leitores. Nem acreditei na minha sorte!

Mas eles demoraram um pouco para me enviar o livro e com isso comecei a resenha de outro…

Quando eu estava com o livro, tive um pequeno problema: o livro tinha DRM (proteção) e só poderia ser lido em um Kobo (e-reader) ou em aplicativos da marca. Por sorte, a loja do Windows Phone já tinha o aplicativo disponível para o sistema e eu baixei e li o livro no celular sem problemas.

Vamos ao livro? Sim!

 

83040712

Sinopse: Lançamento exclusivo do selo Rocco Digital, o romance juvenil Minha vida cor-de-rosa #sqn é resultado do reality show literário planejado pelo escritor e apresentador do Disney Channel Vinicius Campos. Durante um mês, o autor passou uma hora por dia trabalhando diante da câmera do computador, usando a plataforma digital colaborativa Widbook. Ele também interagiu com os leitores via hangout do Google + e pelo Twitter, mantendo em sigilo apenas os capítulos finais da trama. Ambientada em uma cidade do interior, a história é centrada em três jovens que se encontram em uma loja de conveniência e veem suas vidas mudarem. 
Ludmila, que prefere ser chamada de Oyster, é uma típica adolescente: insatisfeita com a própria aparência, vive irritada com a mãe e se alimenta mal. Quando o pai comete suicídio e deixa uma série de dívidas como herança, ela e a mãe acabam trocando São Paulo por São Francisco Xavier, cidade no interior do estado onde mora a família paterna. Logo no início das aulas na escola nova, Oyster vira alvo de bullying de uma das meninas mais populares do local.

Sem paciência para a rotina tão diferente de um grande centro e estranhando a convivência com os tios e primos, Oyster tenta se isolar o quanto pode. Em busca de privacidade, ela sai de casa e vai até a loja de conveniência de um posto de gasolina, sem saber que o dia terminaria com um susto. Bandidos armados invadem o estabelecimento e trancam Oyster, o balconista e um outro cliente no banheiro. É assim que a adolescente conhece Gorky e JP, dois rapazes que serão responsáveis por uma guinada em sua vida.

Desde que chegou em São Francisco Xavier, Oyster está decidida a investigar a morte do pai. Inconformada com a ideia de suicídio, ela tem certeza de que existem coisas mal explicadas envolvendo o caso. Conforme mergulha nos detalhes da história, a jovem se envolve em uma teia que mistura traição, crimes e segredos que mexem com a cidade e sua família. Nem a contratação de um detetive particular impede que a adolescente se veja outra vez em perigo.

Com um desfecho surpreendente, Minha vida cor-de-rosa #sqn mostra que sempre é possível recomeçar, mesmo nas piores circunstâncias. Como um presente aos leitores, Vinicius Campos preparou um fim alternativo para a história, que poderá ser baixado gratuitamente pelos leitores.

Fonte: Site da Editora Rocco

 

Vou escrever minhas impressões sobre o livro, já que a sinopse ali em cima conta o bastante sobre ele.

Comecei a ler o livro semana passada.

Abri o aplicativo no celular, abri o livro, li três páginas e pensei: “Deus! Não quero mais!” kkkk

Sério. Achei que a leitura não ia sair. Não me prendi naquela hora. Acho que foi meu estado de espírito.. (coisa de doido!) Depois de dois dias, resolvi dar mais uma chance ao bonitinho. E foi! Em menos de 24h terminei o livro de tão empolgante que estava.

No começo temos três narradores: Ludmila/Oyster, JP e Gorky. Cada um conta como era sua vida antes do assalto ao posto de conveniência.

Oyster é a típica garota excluída. A forma como o autor a fez é brilhante: incompreendida, isolada, triste, de mal com a vida. Depois do suposto suicídio do pai, ela se muda para São Francisco Xavier em busca da verdade. Para ela, seu pai era legal demais para tirar a própria vida.

JP é o típico mimado pelo pai que resolve morar fora do país e vê que a vida sem o dinheirinho do pai não é tão fácil assim. Cansado de viver como playboy falido, ele volta a cidade. Descobre que o jornal local está acusando seu pai, o prefeito, de corrupção e não o defende em momento algum.

Gorky é um garoto metódico. Tem sua rotina pré-estabelecida: Estuda para o vestibular sozinho durante a manhã, trabalha a tarde como atendente em uma loja de conveniência no posto de gasolina e estuda no colegial a noite. Mora com a avó e a mãe. Não sabia quem era seu pai até os 07 anos, época em que recebeu uma carta deste e começou a se corresponder com ele .

A vida dos três se encontra no assalto à loja onde Gorky trabalha. Os três ficam presos no banheiro, mas naquele momento não se relacionam de forma alguma.

Passado o susto, cada um retoma sua vidinha. Mas o que nenhum deles sabe é que seus destinos estão mais entrelaçados do que eles pensam!

Após o assalto, a narrativa passa a ser contada apenas por Oyster. Cansada de ser perseguida por Jéssica (garota que estuda na mesma escola que ela e aprontou uma daquelas para Oyster já no primeiro dia de aula), ela se foca em procurar a verdade sobre a morte de seu pai.

Durante a leitura, vamos nos envolvendo cada vez mais com a garota e sua busca. E como ela, duvidamos que seu pai tenha se suicidado. O que nos leva a teoria de assassinato. Com isso, olhamos a todas as personagens com desconfiança, tentando encontrar motivos para tal crime.

Desconfiei de Deus-e-o-mundo e a revelação da verdade me surpreendeu, não por mostrar o quem, mas por mostrar o como e o por quê.

O diferencial do livro está na ambientação: São Francisco Xavier é uma cidade pequena, onde todos se conhecem e todos sabem de tudo. E esta calmaria toda influencia no dia-dia de Oyster. Ela passa a ser uma garota diferente, a ver as coisas de uma maneira diferente. Ela se descobre e descobre mais do que imaginava saber sobre seu pai. A pequena cidade trás grandes mudanças e surpreendentes revelações.

O fato do autor ter escrito a história em um reality literário me surpreendeu e me deu um certo “gás” para ler (na segunda vez que peguei o livro).

Outra coisa que amei no livro é que o autor insere vários links para que possamos nos ligar ainda mais a leitura.

Um dos links que mais me chamou a atenção foi o que Carlos, pai de Oyster, gravou para sua filha. Não posso falar mais do que isso, senão sai spoiler. Mas este vídeo existe! Vinicius Campos fez questão de que o vídeo existisse na realidade para nos jogar ainda mais dentro da história e eu amei isso! Carlos é interpretado pelo ator Gustavo Haddad. E você dar uma imagem, um rosto para um personagem fictício faz com que a história seja mais concreta, plausível e mais próxima de nós.

A leitura da história é fácil, simples e extremamente envolvente. Me senti ligada a Oyster. Sofri cada sofrimento, me surpreendi com cada revelação e me realizei quando ela finalmente ficou em paz.

Minha Vida Cor-de-Rosa, #sqn nos faz sentir que a simplicidade trás mais, revela mais e nos faz muito mais felizes, mesmo com o mundo desabando ao nosso redor.

Kitudibom aprovado

 

DETALHE: o autor ainda escreveu um capítulo extra, chamado #SQN

10407048_638353612953127_7979510069433050024_n

 

Também tive “problemas” com esse: só estava disponível na Amazon e eu precisava ou de um Kindle (coisa que eu não tenho) ou do aplicativo Amazon Kindle para ler o extra. Ainda bem que a loja do Windows Phone também tinha esse daí.

O capítulo extra conta um pouco sobre alguns acontecimentos na vida de Oyster depois do final do livro. E ele nos faz ver que a vida não é cor-de-rosa. Ela é uma montanha russa. E uma descida fenomenal acontece na vida da garota neste capítulo.

Confesso que quis matar o autor pelo que ele fez! Como não posso, vou digerindo aos poucos o que eu li. kkkkk

 

Quer saber mais sobre o livro?

Acesse o canal de Vinícios Campos no You Tube clicando aqui ou acesse o Widbook do livro clicando aqui.

 

 

Beijinhos! 😉

Na Caixinha do Correio – Amigo Secreto

Oi, gente!

 

Caixinha do Correio bombando esses dias, hein! kkkk

Desta vez foi de um Amigo Secreto que participei.

 

Novamente, o grupo de livros que eu participo estava envolvido.

Fizemos on-line, pelo Face e pelo site Amigo Secreto. E eu era a administradora da brincadeira.

Criei um grupo no Face para que pudesse organizar a brincadeira e ter controle sobre os membros que estavam participando. Depois, criei um grupo no site do Amigo Secreto onde seria feito o sorteio.

O site é auto explicativo: você cria o grupo, define uma data do sorteio, o povo entra, conversa, faz a lista do que quer ganhar na brincadeira… Na data do sorteio, você entra lá, clica em REALIZAR SORTEIO e pronto!

Semana passada recebi os meus presentes da Luciana Bartolette (pessoa que me tirou).

Fotos? Fotos!

WP_20150113_003

SÉM! Ganhei tudissaê que vocês estão vendo. Vamos esmiuçar:

Três livros: A lista do Nunca - Koethi Zan O Doador de Memórias - Lois Lowry O Presente do Meu Grande Amor - Vários Autores

Três livros:
A lista do Nunca – Koethi Zan
O Doador de Memórias – Lois Lowry
O Presente do Meu Grande Amor – Vários Autores

 

WP_20150113_015

Uma ecobag média ❤

 

WP_20150113_016

Uma mini luminária para livros e dois marcadores de página de gatinhos! Miu!

 

Antes que alguém pergunte, a luminária funciona assim:

WP_20150113_005

Chique, não?

 

Tenho que dizer: esse Amigo Secreto foi uma coisa maravilhosa que me aconteceu! Conheci meninas fantásticas, que falam tanto quanto eu e que também tem uma amor incondicional pelos livros!

Temos grupo no Whatsapp e pegamos no pé umas das outras! Enfim, viramos uma família!

Então, vamos aos agradecimentos: obrigada Bibiane, Carol, Cássia, Claudia, Daniela M., Daniela S., Elisa, Eliz, Fátima, Gabrielly, Géssika, Gleice, Jéssica, Juliana, Katiane, Leli, Ludmila, Mayra, Mel, Mila, Nívia, Patrícia, Patty, Regiane, Roseli, Simone e Tatiane pela brincadeira mais doida de todas! E um obrigada mais que especial a Luciana, que me tirou e enviou esses presentes lindos que eu amei de paixão!

 

Amores, os livros serão TODOS resenhados no blog, não se preocupem!

 

Beijinhos! 😉

 

 

 

Na Caixinha do Correio – Nenhum Dia de Folha Vazia

Oi, povo lindo!

 

Esta semana chegou para mim uma caixinha muito especial.

Olha:

1013617_585170641627643_4830003980534088378_n

Isto tudo faz parte de um projeto lindo do qual eu faço parte: o Nenhum Dia de Folha Vazia.

Participo de um grupo no Facebook onde todo mundo lá é apaixonado por livros! Somos mais de 900 doidos por leitura! kkkk
E a administradora desse grupo teve a brilhante ideia de criar o projeto de um caderninho itinerante.

Quando soube da ideia, nem pensei: topei e seja o que Deus quiser! kkkk

São mais de 90 pessoas participando do projeto e o caderno vai viajar o país inteiro! Quanto mais perto chegava da minha vez, mais ansiosa eu ficava. Mal via a hora do caderninho chegar aqui pra que eu pudesse escrever nele!

Eu queria escrever sobre o caderno, mas sou somente um “fio de cabelo” nesse projeto. Então resolvi entrevistar o “cérebro” da coisa.

Com vocês, uma breve entrevista com Denise Lima, criadora e administradora do projeto

 

KitudiBom – Oi, Denise! Obrigada por conceder essa breve entrevista ao blog! Pode se apresentar para o pessoal?

Denise Lima – Meu nome é Denise Lima, tenho 27 anos e sou jornalista. Sou criadora dos projetos BL, Leitura em Grupo, Nenhum Dia de Folha Vazia e Blep Social. Costumo me dedicar demais aos projetos e passo boa parte do dia inventando coisas novas.

KB – Como começou sua paixão pelos livros?

DL – Eu sempre tive muito incentivo à leitura na minha casa. Meu pai era um viciado em gibis e isso se transferiu para mim antes mesmo de saber ler. Essa paixão foi aumentando com o tempo e hoje sou a feliz proprietária de um acervo de mais de 250 livros. E só aumenta. A leitura me diverte. Eu acredito que a leitura pode mudar o mundo. Eu creio num sistema de leitura livre, aquém das posses de alguém. Sou a favor das bibliotecas e do compartilhamento de livros. Eu amo tudo o que os livros me trouxeram. Eu ganhei, além de cultura, amigos e irmãos de páginas. Um dia li um livro que dizia que magia existe. E eu acreditei fielmente nisso. Isso me trouxe pra perto das melhores pessoas e me forneceu as melhores ideias. Como posso reclamar disso?

KB – Como nasceu o projeto? Quem teve a ideia e como desenvolveram ela?

DL – O projeto nasceu em um dia que estávamos conversando entre as adms [do grupo] sobre escrever um livro sobre o BL [grupo no Facebook]. Daí eu lembrei do filme “Quatro Amigas e Um Jeans Viajante” e achei que seria divertido todas as adms trocando um caderno e contando suas experiências. Viajei mais um pouco e resolvi que os membros deveriam interagir. Eu penso demais. E em duas horas eu já tinha tudo na minha mente. Só faltava ver se a galera ia aceitar.

KB – E como foi para você ver que tanta gente de tantos lugares diferentes aderiu e adorou a ideia?

DL- Tudo sobre o BL e a interação dos membros me comovem. Eu sempre duvido das minhas ideias. Sempre fico receosa se alguém vai gostar. Acho que nunca imaginei que um dia eu estaria em um nível em que mais de 900 pessoas gostariam de falar comigo e que amariam as coisas que eu inventava. A aprovação deles foi linda. Sempre é bonito de se ver. Normalmente eu fico uns 03 dias olhando pra ver se é de verdade. Eu enrolei o projeto pra dar tempo das pessoas desistirem. É complicado lidar com tanta gente! Eu pensei que lidar com 90 pessoas de lugares diferentes ia dar confusão; que o caderno ia se perder antes de chegar na décima pessoa; que estaríamos acabados antes de começar. Todo dia que recebo notificação no app dos Correios dizendo que o caderno foi entregue é um sorriso. E eu sempre me orgulho por ter conhecido tanta gente incrível.

KB – O que você espera deste projeto?

DL – Eu não vejo a hora de recebê-lo completo! Isso provavelmente vai levar uns dois anos ainda. É muita gente. A ideia é transformá-lo em um livro. Eu queria muito que a galera fizesse videos. Eu colocaria os links na edição final. E daí veria o custo e cada um compraria o seu exemplar. Imagina daqui a 10 anos ainda termos essa recordação? Esse vislumbre de um projeto que uniu tanta gente? Quem sabe o que vai dar? Quem sabe sai amizade, casamento? Eu espero mesmo que seja inesquecível para todos. Eu fico feliz apenas de levar um sorriso para cada um desses lugares quando o correio chega. Espero pegar uma página de história de cada pessoa e no final receber um livro cru. Eu só espero que eu possa ter feito a diferença, mínima que seja, na vida de algumas pessoas. Acho que me sentiria realizada.

KB – Agora deixe um recadinho para todos que estão lendo o post (quem vai receber o caderno e quem não participa do projeto, mas vai estar lendo também!)

DL – Bom… Meu recado é que e agradeço imensamente o carinho de todos. Eu passei por tanta coisa ruim ano passado que este projeto me trouxe um ar fresco. Cada participação me traz um ânimo novo. Eu nunca poderei demostrar o quanto é importante para mim. Nunca serei capaz de descrever. Então agradeço de coração a cada um que sorriu, escreveu e gastou alguns dias de sua vida para embarcar nos meus delírios. Espero que tenha valido a pena até agora e que no final tenhamos muita história para contar. Pois é disso que a vida é feita, afinal. Não é sobre o que você tem ou o que você é; e sim sobre o que você viveu e o quanto de si doou sem esperar nada em troca.

 

Junto com o caderninho vieram mais coisas… vamos para as fotos! 😀

Caderninho e UM ZILHÃO de marcadores (não são todos meus, tá? peguei só alguns kkkk)

Caderninho e UM ZILHÃO de marcadores (não são todos meus, tá? peguei só alguns kkkk)

 

Algumas fotos do caderno: Fotos de alguns ligares onde o caderno irá passar e fotos das páginas que escrevi

Algumas fotos do caderno:
Imagens no caderno de alguns lugares onde ele irá passar e fotos das páginas que escrevi

 

Presentinho que recebi da Marina, que estava com o caderno antes de mim (esse sim é meu! kkkk)

Presentinho que recebi da Marina, que estava com o caderno antes de mim (esse sim é meu! kkkk)

 

Amei a passagem do caderninho pela minha casa e semana que vem ele já estará indo para outra cidade. E depois outra, depois outra…

Acho muito legal saber que a página que escrevi será vista por muita e muitas pessoas e que elas também colocarão ali um pouquinho da sua história.

 

Denise, parabéns pela linda iniciativa de resgatar o amor pela escrita no papel! E obrigada por me deixar participar desse projeto fantástico! ❤

 

Beijinhos! 😉

Testei e Aprovei! Base Bonder da Up Colors

Olá, amores!!! ❤

 

Hoje vim com um produtinho que eu testei e aprovei.

O produto da vez é a Base Bonder da Up Colors. Ela veio na última caixinha da EsmalteriaClub (dezembro).

WP_20150112_004

Segundo a marca, “Não importa o seu tipo de unha, você precisa usar a BASE BONDER. Você deve aplicá-la antes do esmalte para ter fixação da cor e brilho por mais tempo.”

Resolvi testar no Ano Novo. Fiz as unhas na última segunda do ano. A esmaltação foi a última do Esmaltando, com os esmaltes da Preta Gil e da Mavala.

4

Primeiro, apliquei uma base comum nas unhas. Depois, apliquei uma camada da Bonder. Aí, esmaltei como sempre.

Preciso dizer: a base Bonder faz o pincel do esmalte deslizar muito mais fácil! Com uma camada do esmalte da Preta Gil eu já tinha a cor perfeita! Mas como sou metódica, não fico com menos de duas camadas.

Depois das unhas prontas, veio o maior desafio: não tirar o esmalte.

Estou acostumada a fazer as unhas toda semana e como eu estava testando o produto, teria que ficar com a mesma esmaltação até que ela desse a primeira lascada.

Isso durou quase 14 dias. Sim você leu direito.

De novo: o esmalte ficou nas minhas unhas por QUATORZE DIAS!

Foi horrível ficar todo esse tempo com o mesmo esmalte nas unhas. Eu queria cutucar, mas não fiz. Tudo pelo bem do teste! kkkk E olha que minha rotina inclui mexer muito com água!

Mas olha a lascada que deu:

page

Tá vendo? Não? Se liga no destaque!

 

Não foi mais do que isso! E ainda fiquei mais um dia depois disso com esse esmalte e ele não lascou mais! Mas como o combinado (com quem, Graziela?) era ficar até a primeira lascada, tirei e não me arrependi! hahahaha

Gostei do produto? Sim.

Vou usar de novo? Provavelmente!

Ele é excelente caso você vá viajar ou coisa do tipo e não terá como fazer as unhas por um bom tempo ou tenha seu esmalte lascando facilmente.

Por isso, eu recomendo o produto! 😉

Kitudibom aprovado

 

 

Alguém mais já testou o produto ou algum similar? Comentem!

Aproveitem e assinem a EsmalteriaClub, clicando aqui.

 

Beijinhos! 😉

Esmaltando #11 – Preta Gil + Mavala

Oi, gente.

 

No Esmaltando de hoje eu trago minha primeira combinação nude.

Não gosto muito de nude. Parece que não se destaca nas minhas mãos. E eu gosto que minhas unhas chamem a atenção! kkkk

Fotos!

 

1

A combinação da vez foi com as marcas Preta Gil e Mavala, que vieram na caixinha de dezembro da EsmalteriaClub.

2

Este é o Nude Ryca, da Preta Gil. Ele é um nude puxado para um rosa terroso. Muito lindo. Cobriu bem com duas camadas.

 

3

Aí Graziela resolveu inventar: queria brilho, mas ainda assim deixar o esmalte de baixo aparecer. Então usei uma esponjinha e dei leves batidinhas só ao redor da unha com esse lindo aí.

Esse é o Sparkling Violet, da Mavala. A base dele é transparente com glitter pequeno nas cores azul, dourado e roxo.

Resultado (como se vocês ainda não tivessem visto):

 

4

Eu amei a combinação! Mesmo não gostando de nudes, este é um favorito! ❤

 

Gostaram?

Beijinhos! 😉

Na Caixinha do Correio – Zocprint

Oi, povo!

Quando eu fui na Beauty Fair em setembro/2014 as perguntas que mais apareceram foram: “Você é blogueira?” “Qual o nome do seu blog?” “Escreve pra mim?” E, na boa, o nome do meu blog não é tão simples assim. E nem sempre tenho um bloquinho de papel e uma caneta na bolsa para poder escrever o endereço do negócio…

Pensando nisso, resolvi que eu precisava de cartões de visita para o blog. Facilita e descomplica a vida de todo mundo!

Pesquisando gráficas por aqui vi que não valeria a pena… Assim: ou a gráfica só faria o milheiro ou cobraria os olhos da cara por apenas 100! E como eu pretendo trocar o layout do blog este ano, o milheiro seria demais, né?

Vamos as gráficas virtuais? Vamos!

Encontrei a Zocprint. Eles tem vários modelos de cartão de visita e várias outras coisas também, como cadernos, agendas, chaveiros, etc.

E você também pode enviar sua arte. E foi o que Graziela fez…

Criei no Inkscape uma arte com referência no blog e enviei para lá. Isso em novembro.

Aí eles me disseram que a qualidade da imagem não estava boa e que eu precisava mandar outra, só que com uma qualidade melhor. Enviei. Mas ainda não estava bom. Enviei de novo. E só agora em janeiro foi que eu recebi meu cartõezinhos. Mas recebi, né? kkkk

FOTO!

WP_20150111_001

Não está uma graça?

Gente, levem em consideração que quem fez a arte fui eu. Sim, a mesma pessoa que nem sabe desenhar um Zé Palitinho direito.

Detalhes:

WP_20150111_002

FRENTE

Na frente não quis colocar muita coisa além de algo que remetesse ao blog (no caso a maçãzinha que tem no topo da página) e o endereço do blog.

VERSO

VERSO

O verso é o que interessa. Tem meu namezinho ali, profissão (é do lar ou estudante, mas como se trata do blog tem que estar escrito BLOGUEIRA kkkkk), endereço e Face do blog além de um endereço para contato comigo.

Agora Tia Grazi tem cartões lindos e práticos para o blog! ❤

Super recomendo a Zocprint! Mesmo com todo o problema que tive em fazer uma imagem com a qualidade boa, eles não desistiram de mim e me enviaram o produto perfeito!

Paguei R$35,99 + frete em 100 cartões com verso colorido e acabamento fosco impressos em papel couché 300g. Muito bem feito e do jeitinho que eu queria!

E já estou de olho em outras coisinhas lá…

Beijinhos! ❤

Na Caixinha do Correio – EsmalteriaClub Dezembro

Oi, amores!

 

Este mês vamos falar de mais uma caixinha da EsmalteriaClub. O tema dela é Good Things. 

 

WP_20141229_002

Ainda não há no site da EsmalteriaClub informações sobre o tema da caixinha, mas assim que tiver eu volto aqui e atualizo o post. 😀

EDIT: A EsmalteriaClub encerrou 2014 com uma caixinha pra lá de especial que trouxe em sua temática os desejos, cores e sentimentos positivos para que todas possam renovar os seus votos com a vida e celebrar o ano novo todos os dias em 2015. Como estrela principal da caixinha a EsmalteriaClub trouxe o super sucesso do clube: o Esmalte importado Mavala (Para quem não conhece, a Mavala é referência mundial em produtos para unhas, mãos e pés e seus produtos estão presentes em mais de 120 países). Também foi entregue um super lançamento da nova coleção da cantora Preta Gil. A caixinha também contou com a presença de outro super lançamento da nova coleção da marca Fusion e película da Modern Arts (criada exclusivamente para a nossa caixinha).
E vocês acham que terminou por aí? Nãooo! Também trouxemos um super produto da Up Colors que promete fazer com que suas esmaltações durarem muito mais (o produto tá fazendo um mega sucesso e temos recebidos feedbacks pra lá de especiais)”

Não preciso dizer que amei a caixinha, né? Até agora NUNCA me arrependi de nenhuma das caixinhas que a EsmalteriaClub enviou.

Chegou dia 29/12 e usei ela para o Ano Novo. Mostro a combinação em outro post…

Vou fazer também um na ponta do lápis pra vocês verem como compensa mais assinar a EsmalteriaClub do que comprar os esmaltes “soltos”.

Esmaltes 2

Os esmaltes dessa caixinha são:

  1. Bonder Longa Duração, da Up Colors – base bonder para maior fixação do esmalte. (R$4,00)
  2. Nude Ryca, da Preta Gil – nude rosa terroso. (R$3,90)
  3. Sparkling Violet, da Mavala – esmalte glitter com base branca e glitters nas cores roxo, dourado e azul (média R$30,00)
  4. Flúor Rosa Verão, da Fusion – laranja neon levemente puxado para o rosa (R$3,90)
  5. Película Modern Arts – película de unha na cor branca com tema abstrato (R$5,00)

 

Na Ponta do Lápis

O valor da assinatura da caixinha é de R$34,90 + frete. Como eu já disse, para a minha casa fica quase R$45,00.

Os produtos desta caixinha separados, mas comprados juntos (entendeu?), custariam R$46,90.

“Grazi, saiu quase a mesma coisa!” Agora vem o porém da história..

Esse é o valor SÓ PARA OS ESMALTES! Não conta o frete!

Pesquisei o preço em lojas da internet e nenhuma delas tem frete grátis-grátis, sabe? Só acima de determinado valor. E o frete para a minha casa é no mínimo R$13,90! E além disso, eu precisaria comprar em, pelo menos, 03 lojas diferentes, pois não tem todos os esmaltes em uma mesma loja.

“Afff, Grazi! Compra na tua cidade mesmo!”

Gente, só o esmalte da Mavala custa meros R$36,00. De novo: UM esmalte da Mavala, TRINTA E SEIS REAIS! E não encontro as marcas Up Colors e Fusion por aqui….

Entonces, EsmalteriClub: 01. Comprar por aí: 00!

 

Curtiram? Eu amei esta caixinha!

Venho depois com a primeira combinação dela! ❤

 

Beijinhos! 😉

Resenhando #4 – Saga Encantadas

Olá, amores!

 

Hoje tem mais uma resenha! Eeeeeee! \o/

Quem me acompanha no Face sabe que eu ganhei um e-book em um sorteio da FanPage da Rocco Jovens Leitores. Essa seria a resenha de hoje. Mas a editora demorou para me enviar o livro e quando o recebi, já havia começado outra leitura. Então o e-book fica para uma próxima resenha.

Portanto a resenha de hoje será da Saga Encantadas, da autora Sara Pinborough.

Como vocês sabem, comprei esse box na Americanas.com e infelizmente agora ele não está mais a venda. Sorte a minha ter comprado antes! kkkkk

Farei a resenha desta série diferente do que eu fiz em The Iron Fey. Resenharei cada um dos livros. Inevitavelmente, a partir da segunda resenha vai aparecer um spoiler ou outro, ok?

 

DSC02486

 

 

 

Veneno – Sinopse:capa veneno A jovem Branca de Neve se vê em apuros quando seu pai deixa o reino nas mãos de sua madrasta, Lilith. Com medo de sofrer sua ira, ela parte para a floresta em busca da ajuda de seus amigos anões. Neste conto, porém, Branca de Neve não é tão inocente e a madrasta tem seus encantos para conseguir o que quer…

 

 

 

 

 

Neste livro, somos introduzidos na história de Branca de Neve. Quem não sabe a história da moça de lábios rubros como a rosa, cabelos como ébano, pele branca como a neve???

Mas aqui Branca de Neve não é uma moça que faz o trabalho de casa. Ela é mimada pelo pai, faz o que quer: não se veste como uma princesa, anda em cavalos para guerreiros e sai frequentemente para visitar seus amigos anões.

Lilth, sua madrasta, obviamente não gosta e se aproveita da ida do marido à guerra para consertar isso.

Madrasta má, espelho que fala, caçador, coração de um bicho, casinha dos anões, velhinha com uma maçã, príncipe, casamento…. Sim! Tem tudo isso. Mas não do jeito que você pensa. E esse é o diferencial da história.

Lilith é uma pessoa sofrida; o espelho não é amigo de ninguém; Branca de Neve, pervertida; a velhinha, não é Lilith; os anões, apaixonadamente apaixonados pela sua princesa; o Príncipe, um babaca mimado; o Caçador, peça fundamental nesta trilogia!

E nesta história temos seus adendos: sapatinho de cristal, Aladim, a bruxa da história de João e Maria. Tudo isso perfeitamente entrelaçado nesta trama fantástica!

 

capa feitiçoFeitiço – Sinopse: Você se lembra da história da Cinderela, com sua linda fada madrinha, suas irmãs feias e um príncipe encantado? Então esqueça essa história, pois nesta releitura de Sarah Pinborough ninguém é o que parece. Em um reino próximo, a realeza anuncia um baile que encontrará uma noiva para o príncipe e parece que o desejo de Cinderela irá ganhar aliados peculiares para ser realizado. Contudo, não será fácil: ela não é a aposta de sua família para esse casamento real, e sua fada madrinha precisa de um favorzinho em troca de transformar essa pobre coitada em uma diva real. Enquanto isso, parece que Lilith não está muito contente com os últimos acontecimentos e, ao mesmo tempo em que seu reino parece sucumbir ao frio, ela resolve usar sua magia para satisfazer suas vontades.
Feitiço é o segundo volume da trilogia iniciada com Veneno, um best-seller inglês clássico e moderno ao mesmo tempo em que recria as personagens mais famosas dos irmãos Grimm com personalidade forte, uma queda por aventuras e, eventualmente, uma sina por encrencas. Princesas, rainhas, reis, caçadores e criaturas da floresta: não acredite na inocência de nenhum deles!

Este livro nos trás a história da Cinderela. A garota de vida sofrida cuja mãe faleceu e o pai se casou novamente com uma mulher que já tinha duas filhas. A madrasta não gosta dela e a obriga a fazer o serviço de casa como uma empregada… Essa é a história, certo? ERRADO! Ou quase…

A mãe de Cinderela não está na história (e você entenderá o porquê) e sim, o pai dela de casou com uma outra mulher que já tinha outras duas filhas…

Mas Cinderela é mesquinha e antipática! Além de pervertida também (sim, nenhuma princesa aqui presta o suficiente!). Ela tem seu amor platônico pelo Príncipe, que descobrimos ser o mesmo do livro anterior.

Peraí! Se o Príncipe da história da Cinderela é o mesmo Príncipe da história da Branca de Neve, cadê a Branca de Neve?

Ah, meu povo…. Leiam o livro e se surpreendam!

No castelo, acontecerá o baile onde o Príncipe procurará uma noiva. Cinderela tem seu desejo de ir ao baile concedido por sua “fada madrinha”. Fada esta que de fada tem absolutamente NADA! Ela dá a Cinderela os mesmos sapatinhos de cristal da história anterior -e aí você já pega quem é a “fada”- e pede um favor em troca.

Neste ponto a trama realmente começa a acontecer. E é emocionante!

Durante tudo isso vemos também como está Lilith e sua busca por Branca de Neve. Seu reino está sucumbindo a desgraça e ela sabe que é sua culpa. Mas como aplacar esta escuridão no fundo de seu peito? Esta é uma história que terá seu desfecho neste livro.

Neste livro também aparecem Robin Hood, o Caçador novamente e um homem misterioso com uma bolsa nas costas, carregando uma roca.

E no final do livro estaremos pensando: Quem é este homem?

 

capa poderPoder – Sinopse: Quando um príncipe mimado é enviado pelo seu pai para tentar desvendar os mistérios de um reino perdido, ninguém imagina os perigos que ele encontrará pela frente! Acompanhado da figura sóbria e sagaz do Caçador e de Petra, uma jovem valente que possui uma ligação muito forte com a floresta, o príncipe acaba encontrando um reino adormecido por uma estranha magia. Todos os seres vivos foram cercados pela densa mata e estão dormindo, em um sono pesado demais, que só poderia vir da magia. Mas que tipo de bruxaria assolaria uma cidade inteira e seus habitantes? E, principalmente, quem faria mal a uma jovem rainha tão boa e tão bela? A não ser, claro, que os olhos não percebam o que um coração cruel pode esconder…

 

 

O último livro da série conta uma história que antecede os outros dois.

Começamos conhecendo os pais do Príncipe. Estes decidem que está na hora do rapaz viver uma aventura e resolvem enviá-lo para desbravar um reino onde uma densa floresta cresceu ao redor, impossibilitando qualquer um de alcançá-lo.

Familiar? Claro! Esta é a história da Bela Adormecida. Mais ou menos….

O Rei decide “contratar” os serviços do Caçador para ajudar (e proteger) seu filho durante esta jornada. E sim, é o mesmo Caçador.

Enquanto isso, conhecemos Petra, que é ninguém mais, ninguém menos do que a Chapeuzinho Vermelho. Ela mora com sua avó em uma cabana próxima à Floresta de Espinhos. Ela anseia em conhecer o lobo que sempre uiva para ela nas noites de lua cheia. ❤ ❤ ❤

O caminho dela e o dos nossos viajantes se encontram. Juntos, os três vencem os espinhos para descobrir um reino adormecido e muito, muito estranho…

Eles (obviamente) encontram a princesa. Acordam a princesa – mas de outro jeito – e ela e o príncipe tem tudo para viverem felizes para sempre, certo? NÃO! Nada é do jeito que nós esperamos nesta saga.

A princesa esconde um terrível segredo. Um segredo que… Não vou contar! hahahahahaha

Tá, só um pouquinho: Bela possui uma “irmã gêmea”, que causa terror no castelo, só aparece quando tempestades surgem no céu e só é aplacada pelo sangue. Quem será esta personagem tão cruel???

Como tem que ter de tudo, os acréscimos neste livro são Rapunzel, “A Bela e A Fera” (a melhor para mim, sem dúvidas!), Lobisomem e finalmente saberemos quem é o homem misterioso do segundo livro e a que ele veio.

Quando chegamos ao final da história, nos deparamos com o primeiro livro e tudo faz sentido.

 

 

Eu A-DO-RO contos de fada. Sou muito apaixonada pelo gênero e amo quando vejo que escritores re-inventaram as histórias clássicas. Isso foi exatamente o que Sarah Pinborough fez: tornou os clássicos infantis em adultos e os repaginou completamente! Sua escrita é excelente, prende o leitor do começo ao fim e faz com que não paremos até descobrir o segredo de tudo.

As histórias são perfeitamente entrelaçadas, nunca deixando uma ponta solta. Amores e traições, desejos e fantasias, tudo, absolutamente tudo faz com que a trama seja magnífica!

Super recomendado! LEIAM!

Kitudibom aprovado

 

Volto com mais resenhas!

 

Beijinhos! 😉