Muffins Clássicos

Oi, amores!

 

Graziela de volta, colocando em dia todas as receitas que estava devendo! hahahahaha

Hoje eu trouxe uma receita do meu livro  “Dona Benta – Comer Bem”. Procurei algo bem simples de fazer, sem muitos ingredientes ou etapas que dessem muito trabalho. Achei esta de muffins.

WP_20141227_001

Vou escrever a receita como está no livro, depois eu coloco os meus comentários. Portanto, leia todo o post antes de resolver fazer a receita, ok?

WP_20141227_002

Bora pra receita!

 

Muffins Clássicos

WP_20141227_004

Ingredientes

  • 1 e 1/2 xícara (chá) de farinha de trigo
  • 1/4 de xícara (chá) de açúcar
  • sal
  • 2 colheres (chá) de fermento em pó
  • 2 ovos
  • 3/4 xícara (chá) de leite
  • 4 colheres (sopa) de manteiga derretida

Modo de preparo

  1. Aqueça o forno a 200 ºC.
  2. Peneire, em uma tigela, a farinha, o açúcar, o sal e o fermento em pó. Reserve.
  3. Em outra tigela, bata levemente os ovos e acrescente a manteiga derretida e o leite. Misture bem.
  4. Despeje os ingredientes líquidos sobre os secos e misture rapidamente, evitando bater em excesso. O correto é deixar a massa levemente encaroçada, nunca lisa.
  5. Unte com óleo forminhas individuais. Encha-as com massa até 2/3 da altura, coloque as forminhas em um assadeira e leve ao forno por 20 a 25 minutos, ou até que os muffins estejam bem dourados.

Nota: Você pode acrescentar à massa um dos ingredientes a seguir: 2 colheres (chá) de essência de baunilha, 1/4 xícaras (chá) de gotas de chocolate, 1/4 xícara (chá) de frutas cristalizadas, 1/4 xícara (chá) de nozes trituradas ou 1 banana-nanica bem amassada.

 

Dicas da Grazi:

  • A receita rende cerca de 12 mini-muffins ou 6-8 muffins de tamanho normal. Como eu não sabia quanto renderia, acabou que fiquei com 12 mini-mini-muffins e mais 4 normais. kkkkkk
  • Coloquei as gotas de chocolate e a essência que estão na receita, mais 4 colheres (sopa) de chocolate granulado, (sim, que queria chocolate. u-u )
  • O fato de precisar deixar a massa encaroçada não afeta em nada o resultado. Fica muito bom MESMO!
  • Aproveitei para testar minhas fominhas de silicone. Super aprovadas! Já que eram de silicone, pulei a etapa de untar.
  • Você pode usar forminhas de empada ou formas de cupcake mesmo para fazer a receita.

 

Gostaram? Eu já comi tudo! (eu e minha família, claro! hahahhaha)

 

Beijinhos! 😉

Anúncios

Pavê Bis

Oi, gente!

 

Como foi o Natal de vocês?

Aqui foi tranquilo…. Véspera com a mamys minha e Natal com mamys do maridão. Muita comida nos dois e tudibom que há no Natal.

Coloquei no meu Face pessoal a foto de um pavê que fiz para a ceia na casa da minha mãe. E ele tem historinha…

Tava na master preguiça de fazer algo muito complicado de sobremesa. Aí resolvi fazer o básico do básico do básico em um pavê e improvisar o resto.

Saiu esse Pavê Bis e quer saber? Ficou bom. 😛

#partiu receita?

 Pavê Bis

10401957_571973892947318_4629708079594307472_n

Ingredientes:

  • 1 caixa/lata de leite condensado
  • 1 medida de leite (a mesma da caixa/lata de leite condensado)
  • 3 ovos (clara e gemas separadas)
  • 1 e 1/2 colher (sopa) de amido de milho (vulgo MAISENA)
  • 1 colher (chá) de essência de baunilha
  • 6 colheres de açúcar
  • 1 caixinha de creme de leite sem soro
  • 1 e 1/2 caixa de Bis picado
  • granulado (ou o restante do Bis picado) para decorar

Modo de Preparo

Creme 1

  1. Em um liquidificador, coloque o leite condensado, o leite, as gemas sem a pele, o amido de milho e a essência de baunilha.
  2. Bata bem e coloque a mistura em uma panela.
  3. Leve ao fogo mexendo sempre até engrossar.
  4. Deixe esfriar.

Creme 2

  1. Bata as claras em neve bem firme.
  2. Acrescente o açúcar, uma colher de cada vez, e bata bem após cada adição.
  3. Desligue a batedeira, coloque o creme de leite e misture sem bater com uma espátula.
  4. Reserve

Montagem

  1. Em uma travessa, coloque metade do creme 1.
  2. Jogue o Bis picado e espalhe bem.
  3. Coloque a outra metade do creme 1, cobrindo todo o Bis.
  4. Coloque o creme 2 por cima e espalhe.
  5. Decore salpicando granulado/Bis por cima.

 

Dica da Grazi:

  • Se quiser o pavê tradicional,  basta retirar o Bis da receita e usar o biscoito champagne. Na montagem, coloque primeiro os biscoitos, depois o creme e vá intercalando um com o outro.
  • Se não quiser o creme 1 muito cremoso, coloque apenas 01 colher (sopa) de amido de milho que já vai ficar bom.
  • Na foto, a travessa gigante tem 02 receitas do creme 1 e 01 receita do creme 2. O pessoal gosta mais do creme 1…

Gente, eu esqueci de tirar foto do pavê quando nós comemos. Mas tava no meio da ceia e você acha que eu ia lembrar disso? hahahaha

Sem contar que minha irmã fez a clássica mas que enche o saco e já está velha demais piada do “É pavê ou pácumê????” Affff….

 

Aproveitem a receita e façam para o Ano Novo também!

 

Beijinhos! 😉

Cassata

Oi, amores!

Natal tá aí já, né? E que tal uma receita para sua ceia? Não é complicada e aqui em casa já é tradição fazer ela pelo menos uma vez no mês.

Tem zilhões de passos ali, mas juro que não é difícil de se fazer.

Segura aí!

Cassata

WP_20141216_008

Ingredientes

  • 3 ovos
  • 1 caixa/lata de leite condensado
  • 9 colheres (sopa) de açúcar refinado
  • 1 caixinha de creme de leite (com soro e tudo!)
  • 1 pacote de biscoito champagne
  • o quanto baste de achocolatado em pó
  • o quanto baste de leite

Modo do Preparo

Creme 1

  1. Separe as claras da gema. Coloque as claras em um pote que vá na batedeira. Reserve.
  2. Coloque as gemas (sem a pele) em uma panela e adicione o leite condensado.
  3. Leve ao fogo mexendo sempre.
  4. Assim que ferver, conte mais 1 minuto e desligue. (não deixe de mexer durante o cozimento!)
  5. Coloque em um refratário médio.
  6. Deixe esfriar.

Creme 2

  1. Bata as claras em neve até ficar bem firme.
  2. Com a batedeira ainda ligada, acrescente o açúcar, uma colher de cada vez. Bata bem após cada adição.
  3. Desligue a batedeira.
  4. Acrescente o creme de leite e misture com uma espátula, sem bater.
  5. Reserve.

Montagem

  1. Coloque leite em um pote fundo. A quantidade deve ser suficiente para cobrir os biscoitos champagne.
  2. Adicione o achocolatado. A quantidade vai a seu gosto. Misture bem.
  3. Molhe bem os biscoitos champagne nessa mistura, um de cada vez. Cuidado para não desmanchar!
  4. Assim que tirar da mistura do leite, coloque o biscoito no creme 1, que estava reservado na travessa.
  5. Dê uma leve afundada nos biscoitos, para que eles fiquem envoltos no creme.
  6. Repita a operação até que se tenha biscoitos o bastante no creme 1.
  7. Coloque o creme 2 por cima, espalhando bem e deixando uniforme.
  8. Leve ao congelador entre 2-3 horas.
  9. MANTENHA NO CONGELADOR!
  10. Retire do congelador e deixe na geladeira por cerca de 10 minutos antes de servir.

Dica da Grazi:

  • Tirando a pele da gema: coloque as gemas em uma peneira e um pote embaixo. Fure as gemas e ESQUEÇA QUE ELAS EXISTEM! kkkkk Falando sério agora: deixe as gemas escorrerem pela peneira. Não passe a colher! Assim você peneira a pele da gema também. Isso demora, mas garante que seus doces não tenham cheiro de ovo.

Sério: quando eu faço aqui em casa, tem que ser DUAS receitas, senão acaba na mesma hora! Sucesso garantido!

Aproveitem, pessoas!

Beijinhos! 😉

Esmaltando #10 – Jade + Modern Arts

Oi, amores!

 

Depois do fiasco nas minhas unhas semana passada, consegui uma esmaltação divástica esta semana.

Desta vez esmaltei minhas lindinhas com o esmalte holográfico da Jade.

Vamos ver?

WP_20141216_002

Recebi este esmalte na caixinha de novembro da EsmalteriaClub e já mostrei ele aqui no blog.

Este é o Over The Rainbow, da coleção Holográficos. Ele é um rosa magenta claro holográfico. Tá mais para roxo mesmo. Ainda assim, ele fica lindo nas unhas.

WP_20141216_003

Gente, me perdoem não estar com as unhas perfeitas! Eu tenho uma dermatite que ataca de vez em quando e resolveu atacar justo no dia que eu tirei as fotos… 😦

WP_20141216_005

 

Usei também um par de películas da Modern Arts que eu recebi na mesma caixinha. Sim, povo. Estou viciada em películas! hahahahahaha

Aproveitei o sol mara que estava lá fora e tirei foto com luz direta para vocês verem como ele realmente é divo:

WP_20141216_007

Ele não é tudo? *-* Tá na lista dos meus favoritos, com certeza! u-u

Tá. A película tá meio amassada, mas to evoluindo… Aos poucos. Bem pouco mesmo… Mas tô! kkkkkk

Não lembro quem me pediu no Face para mostrar como eu coloco película. NUNCA VOU FAZER ISSO! Sou uma atrapalhada de primeira! Por isso, vou deixar o link do post em outro blog que mostra como coloca a película (é desse jeito que eu faço, viu?) -> CLIQUE AQUI. O blog é o Esmaltônicas. Quem escreve é a fofa da Gleice Farias (já falei dela aqui)

 

Eu amei minhas unhas e estou rezando para o fim de semana demorar para chegar, pois não quero tirar ele das unhas! kkkkk

 

Beijinhos! 😉

 

 

 

 

Esmaltando #9 – Por que aparecem bolinhas no esmalte?

Oi, amores.

 

É. Hoje não tem foto de unha minha… Até pensei em tirar, mas, ave mãe! Tava feio demais! kkkk

Então vamos ao momento Senta. Que lá vem a história…

Fiz minhas unhas no fim de semana. Usei o esmalte da YNC que mostrei no último Esmaltando. E usei película de gatchénhos também. Ficou lindo, super WHAAAAAA!, sabe? Até que….

Apareceram as temidas bolinhas no esmalte!!!!!

Primeiro fiquei assim:

desespero 01

Ok! São só algumas… Nada que um top coat não resolva! Né?

Mas foi piorando e eu me senti assim:

Meu Deus! Tá piorando...

Meu Deus! Tá feio demais…

Até que o esmalte nas unhas ficou parecendo Choquito. Desespero total mode: ON!

POR QUE, SEM OR? JUSTO COMIGO!!!!!

POR QUE, SEM OR? JUSTO COMIGO!!!!!

Mas me acalmei e tentei de novo durante a semana:

Calma, Graziela... Vamos tentar de novo.

Calma, Graziela… Vamos tentar novamente…

Fiz as unhas de novo na terça, mas não deu. Empipocou e larguei mão mesmo!

Tá. Vai ficar feio assim mesmo!

Tá. Vai ficar feio assim mesmo!

Resolvi, então, pesquisar como evitar que apareçam as benditas justo quando você quer ficar feel like a Diva.

Dica 1: FIQUE FRIA!

unhas sem bolinha

Sim, amores. Estar com a temperatura corporal muito alta favorece o aparecimento das bolinhas no esmalte. Nesse calor isso se torna uma praga! Mas até no inverno, se você estiver “bem aquecida”, não adianta! Elas vêm do mesmo jeito.

O melhor jeito de resfriar suas mãozinhas é segurando cubos de gelo antes da esmaltação ou até mesmo uma garrafinha de água gelada. Se quiser, parta para o extremo: enfie logo as mãos no congelador! kkkk (é sério!) Mas só por alguns minutinhos, tá? Se não quiser nenhuma dessas opções, você pode tentar resfriar as mão borrifando spray secante de esmalte na região dos pulsos, pontas dos dedos e na parte inferior a cutícula. Faça isso até sentir que ficou bem gelado. Vale spray de qualquer marca, ok?

 

Dica 2: EVITE O VENTO!

efeito_ventilador

Você pensa: Já que eu preciso estar “fresquinha”, vou ligar o ventilador aqui! 

NÃO! TÁ ERRADO!

Além das mãos frias outra dica é evitar vento direto, já que as bolinhas são decorrentes da evaporação do esmalte e como ele não consegue evaporar direito por conta do vento, acaba ficando na superfície, criando a “aparência Chokito”.

 

Dica 3: ESPERE O ESMALTE SECAR BEM!

secar

Não sei quanto a vocês, mas eu sempre aplico, pelo menos, 02 camadas de esmalte em cada unha para ter uma cobertura perfeita.

As vezes, na pressa, passamos uma camada sobre a outra quando a de baixo ainda está úmida. Acaba que o esmalte de baixo não seca direito e forma as bolinhas. Pode passar quantas camadas quiser! Senão esperar secar antes da próxima, não adianta!

Então, não esqueça: PACIÊNCIA! Espere secar antes de passar outra mão de esmalte. 😉

 

Dica 4: NÃO UTILIZE ESMALTE GROSSO!

images

Quem nunca teve um esmalte favorito que engrossou e mesmo assim usou ele levanta a mão. o/

E não é que toda santa vez que passamos ele nas unhas aparecem as “adoradas” bolinhas!

Esmalte grosso não seca direito. Se não seca direito, cai na dica anterior e dá-lhe Choquito nazunha…

Caso o seu lindinho esteja grosso, pingue algumas gotinhas de diluente nele (diluente e não acetona), agite delicadamente o frasco e voilá! Problema resolvido!

Se não tiver diluente, retire bem o excesso de esmalte do pincel e tente aplicar camadas bem finas dele, ok?

 

Vou tentar seguir minhas dicas para evitar as bolinhas na próxima esmaltação!

 

Beijinhos! 😉

 

 

Ganhadoras – Mega Sorteio KitudiBom

Oi, gente linda!

 

Hoje venho mostrar para vocês as fotos que as meninas ganhadoras do último sorteio me enviaram.

Simbora!

Ludmila – Kit #VícioNosLivros

Lud

 

Maria Carolina – Kit #ALokaDoEsmalte

altAhPoFvdebGndESB3tOZAcefcqP4JuMtYkIubp_ddh8QC

altAoJT3wS7iroCbPl9zEgMQHSv7DZuan9CguKMiGE1bUYI

 

Alline – Kit #AdoroCozinhar

IMG_20141202_141718250

 

Muito obrigada, meninas, pelo envio das fotos!

Já estou planejando sorteios para 2015… Aguardem…

 

Beijinhos! 😉

Resenhando #3 – O Reino das Vozes que Não se Calam

Oi, gente!!!

 

Faz tempo que não escrevo uma resenha aqui, não é?

Pois bem. Como eu comentei no vídeo da tag, eu estava lendo O Reino das Vozes que Não se Calam, escrito pela Carolina Munhóz e Sophia Abraão (sim! a atriz.). Este livro foi lançado pela Editora Rocco, com o selo Fantástica.

WP_20141202_001

 

Sinopse:

“O livro conta a história de Sophie, uma garota cansada de sofrer com a indiferença das pessoas até descobrir o Reino, um mundo mágico onde seus talentos são reconhecidos.

Com a magreza típica das modelos de passarela, cabelos ruivos e pele alvíssima, Sophie poderia chamar a atenção no mundo da moda, mas é vista como a esquisita entre os adolescentes do colégio onde estuda. Para diminuir os olhares de desaprovação, a jovem adota o estilo grunge e se fecha na timidez, contrastando com o perfil dos que convivem com ela. Mas a garota acaba sendo como muitas outras espalhadas pelo mundo. Assuntos como depressão, bullying e anorexia viram constantes em seu dia a dia e ela acaba vivenciando isso inicialmente sozinha, sem saber como se expressar até para os próprios pais.

Em O Reino das vozes que não se calam, ela terá que enfrentar seus medos, resgatar o amor-próprio e aprender algumas lições, tanto no mundo real quanto em seu mundo fantástico. E assim, aos poucos, recuperar valores como amizade e família, além de aprender a aceitar suas falhas e ver beleza mesmo na imperfeição. Cedo ou tarde, porém, ela terá que decidir entre a realidade e a fantasia, numa jornada repleta de surpresas e descobertas.”

 

Na história, somos apresentados a Sophie, de dezessete anos. Todo mundo já conheceu uma “Sophie” na vida: aquela garota nerd, que vive isolada em um canto e passa a imagem de esquisita. Sei que você acabou de pensar: É mesmooooo….

Ela sofre com o bullying de todos, com o cuidado excessivo dos pais e com uma diretora casca grossa que pega -e muito- no seu pé.

Sophie, apesar de ser assim, anda com ninguém mais, ninguém menos que a garota mais popular da escola, Anna. Anna e seu grupo de populares, claro! Desde o começo achei meio esquisita essa relação e sei que você também acha estranho a popular andar com a mais esquisita.

Claro que uma hora ou outra, essa amizade iria azedar: depois de sofrer uma humilhação daquelas em uma festa, Sophie volta para casa arrasada e, durante o sono, é sugada para O Reino, um lugar magicamente encantado, onde tudo é colorido até demais (ao contrário dela), as flores cantam e todos a amam de verdade.

Ao se sentir amada como nunca, ela decide que quer ficar definitivamente no Reino. Mas nada nesta vida é fácil. Ela precisa merecer estar lá. E ao tentar se fazer merecedora, ela se afasta cada vez mais do mundo real.

Mesmo se distanciando, ela conhece Leo, um jovem lindo, nerd e apaixonado por ela. Mesmo ele tendenciando mais para o lado dos populares, não deixamos de notar uma incrível semelhança entre ele e Sophie. Além dele, uma outra jovem, Mônica, se apresenta para tornar a vida da garota melhor.

Mas Sophie ainda anseia com O Reino…

Somente após cometer uma loucura, a garota se dá conta de como realmente é importante em ambos os mundos, real e fantasioso.

” ‘Você pode se sentir abandonada e, não resistindo ao sentimento, procurar uma forma de repousar com uma inocência irresponsável’, dissera Mônica (…)

Chegava o momento de repousar. (…)

Entregava-se à loucura.”

Sei que na tag eu disse que nunca me identifiquei com um livro, mas esse me fisgou completamente! Só terminei ele depois do vídeo e chorei até não querer mais neste trecho.

Nesta parte, eu já fui como Sophie: estava cansada de falhar! Me senti como ela. Senti que aquela era a única alternativa. Não pelos mesmos motivos, mas ainda assim, cometi a mesma loucura…

Não foi uma recuperação fácil nem para mim muito menos para Sophie. Mas acompanhar o crescimento dela, a autoaceitação e como “estar junto” é muito melhor do que “estar só”…. Juro! Não consegui não chorar! Me vi ali, amadurecendo e redescobrindo o mundo!

Depois disso, a garota se dá conta do que precisa fazer e cria coragem para lidar com essa situação complicada.

O livro pode ter os temas clichês da atualidade, mas a forma como eles são colocados são profundamente lindos! Nos faz querer abraçar Sophie no começo do livro e querer cuidar dela. Depois, nos faz querer contar essa história de superação ao mundo!

 

Muito bem escrito, O Reino das Vozes que Não se Calam é simples, delicado, mas ao mesmo tempo intenso e revelador. Vale muito a leitura! E tenham uns lencinhos por perto, ok? 😀

Kitudibom aprovado

 

Beijinhos! 😉

Esmaltando #8 – EsmalteriaClub

Oi, gente!

 

Hoje eu vim falar da -tão falada por mim- EsmalteriaClub!

Primeiro: o que é a EsmalteriaClub?

“A EsmalteriaClub funciona como uma assinatura de revista, sendo que no lugar da revista é enviada todos os meses, para todo o Brasil, uma caixinha temática contendo de 3 a 5 produtos especialmente selecionados, que vão de esmaltes a produtos de tratamento e acessórios para decoração de unhas, de marcas internacionais e nacionais.

E ainda têm muito mais: as assinantes recebem conteúdo exclusivo, com tendências, novidades e lançamentos do mundo da beleza, participam de promoções e aprendem técnicas de Nail Art – mas o melhor está por vir: tudo isso por apenas R$34,90+frete na sua casa!”

Informações retiradas do site EsmalteriaClub

Tudo o que precisa ser falado sobre a parte “burocrática” da coisa já está ali em cima. O que não se fala é: OMG! kkkkk

A caixinha é enviada mais ou menos no dia 20 de cada mês. Aqui em casa, leva cerca de 04 dias para chegar. Todos os produtos são full size, ou seja, tamanho real. Nada de amostras!

Este já é o meu 3º mês assinando a caixinha e não me arrependi de nenhum deles. Só me arrependo de não ter falado antes dessa maravilha aqui!

Como está ali em cima, cada mês tem um tema diferente. Em novembro o tema foi “Let’s Rock!”, com curadoria da cantora Gabi Mello.

Bora conferir?

WP_20141128_002

-Caixinha super linda! *-* Gente, ela é pitititica, mas é muito fofa! Ela ser pequena assim e ainda ser de papelão contribui (e muito!) para o meio ambiente.

WP_20141128_003

Este mês vieram 04 esmaltes e 01 cartela de películas para unha. Vamos esmiuçar…

esmaltes 1

  1. Koloss Nail Perolado, cor Caliman: verde levemente puxado para o azul com shimmer prateado
  2. YNC, cor Golconda: cinza escuro metálico
  3. Nail Plus, coleção Na Balada, cor Be Happy: roxo metálico
  4. Jade, coleção Holográfico, cor Over the Rainbow: rosa magenta claro holográfico
  5. Modern Arts Películas para Unhas – cartela com 12 películas diversas

Eu simplesmente amei a caixinha! Tanto que já estreei ela, olha só:

WP_20141128_010

Eu ia usar o da YNC, mas a tampinha não abria de jeito nenhum! Aí optei pelo Caliman, da Koloss, e um par de películas da Modern Art como filha única.

A esmaltação é bem fácil, não dá trabalho para limpar. Usei 02 camadas.

 

WP_20141128_012

 

De acordo com o que eu for usando os esmaltes, eu mostro aqui, ok?

Espero que tenham gostado! Eu estou amando!

E assinem a EsmalteriaClub! Super vale a pena. Pensem: se eu fosse comprar cada esmalte dessa caixinha separado, iria gastar quase R$50,00, sem contar o frete!

 

Beijinhos! 😉